Dicas e cuidados básicos com orquídeas

Cuidados básicos com orquídeas

COMPARTILHE :)

Veja algumas dicas e cuidados básicos com orquídeas. Aprenda com as sugestões e faça em suas orquídeas para garantir que elas fiquem sempre saudáveis.

Cuidados básicos com orquídeas

Veja as dicas que selecionamos para você cuidar melhor de sua orquídea. São dicas simples, mas que apesar disto, são cruciais para que você cuide bem de suas meninas.

ASSSINE NOSSA MALA DIRETA E RECEBA ARTESANATOS

→ Clique no link acima e receba novidades no seu Celular

É legal fazer principalmente se você está tendo resultados ruins com sua orquídeas. Se você for marinheira de primeira viagem, ou seja, está começando agora a cultivar as orquídeas, é um bom artigo para você também.

Dicas e cuidados básicos com orquídeas

Nunca deixe no sol direto

A grande maioria das orquídeas que cultivamos aqui no Brasil não podem ser expostas ao sol diretamente. Se forem, elas possivelmente vão sofrer queimaduras que serão difíceis de restaurar e você pode perder sua orquídea.

É óbvio que a orquídea adora a iluminação do sol, no entanto esta luz tem que ser indireta. Em outras palavras, o ideal é deixá-la em um lugar sombreado e onde nunca bata sol diretamente.

Porém, também não é legal deixá-la em um lugar mal iluminado pelo sol, como algum cômodo escuro da casa. Plantas precisam muito de sol e com a orquídea não é diferente.

Se for cultivar dentro de casa, você terá que achar um lugar bem iluminado pelo sol, como um terraço ou uma janela que não bata sol diretamente.

Cuidados básicos com orquídeas

Só regue quando o substrato secar

Essa dica é muito importante. Você precisa tomar cuidado para não regar sua orquídea em excesso. Se isso acontecer, você pode deixar sua orquídea fraca e com isso ela ficará mais suscetível a praga e doenças, podendo morrer dessa forma.

CURSO DE SUCULENTAS OLINE

As regas devem ser feitas apenas quando o substrato secar ou estiver quase seco. Para verificar isto, toque com os dedos e sinta. Outra maneira é enfiar um palitinho, se ele sair melado de areia, o substrato ainda está úmido, ou seja: não precisa regar. Mas se o palito sair limpo, provavelmente o substrato está seco e precisa de uma nova rega.

→ veja mais dicas para regar orquídeas

Não esqueça de adubar sua orquídea

Geralmente, os substratos que cultivamos a orquídea não possuem muito nutrientes e substâncias que a orquídea possa se beneficiar. Devido a isto, é imprescindível adubar a orquídea de mês em mês, dependendo do adubo que esteja utilizando.

Apenas não deixe de adubar por muito tempo, pois sua orquídea pode ficar fraca, adoecer e morrer. Esteja sempre adubando para manter sua orquídea saudável.

Adubo foliar possui efeito mais rápido

Se a sua orquídea está precisando de um adubo que cause efeitos mais rápidos, prefira sempre adubos foliares. Estes são mais rapidamente absorvidos por qualquer planta e com a orquídea é da mesma forma.

Cuidados básicos com orquídeas

Sempre verifique o substrato

Esteja sempre verificando o substrato para ver se está tudo certo e não está acumulando água ou com alguma praga. Se o vaso for de plástico e transparente, facilita ainda mais para checar se o substrato ainda está palpável.

Substratos como esfagno, chips de coco e casca de pinus podem mofar com o tempo. Isto é extremamente prejudicial para a planta. Se notar pragas, mofo ou qualquer coisa que possa danificar as raízes de sua orquídea, retire todo o substrato e substitua por outro de forma cuidadosa.

A escolha do vaso é importante

Os melhores vasos para cultivar orquídeas são os de barro. Estes vasos possuem micro orifícios que permitem a drenagem da água que foi regada. Isto afasta a possibilidade da água ficar acumulada por muito tempo no substrato da sua orquídea, o que é ótimo.

No entanto, se você passa muito tempo sem regar a sua orquídea, isto pode não ser tão bom, pois o substrato irá secar mais rápido e o intervalo das regas pode ser muito maior do que o apropriado.

Se você não consegue regar com a frequência necessária para sua orquídea estar saudável, prefira vasos de plásticos. Lembrando que qualquer vaso, seja de plástico ou de vaso, precisa ter vários furos. E estes furos devem ser grandes.

→ como deixar as suculentas coloridas

É isto! Espero que tenha gostado dessas dicas e cuidados básicos com orquídeas. Beijos, boa jardinagem e até as próximas dicas!

Imagens: unsplash.com

ASSSINE NOSSA MALA DIRETA E RECEBA ARTESANATOS

  • ✓ São mais de 3000 artesanatos grátis
  • ✓ Emails semanais, sem SPAM
  • ✓ Saia da lista quando quiser
  • ✓ Verifique seu e-mail

→ Clique no link acima e receba novidades no seu Whats

 

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*